31 JUL 17

Fundação analisa crise econômica do Rio no ‘Trabalhismo em Diálogo’

Encontro foi promovido na sede do PDT, no Centro da capital fluminense

*Bruno Ribeiro

Brasília, 31/7/2017 – A nova edição do ‘Trabalhismo em Diálogo’ promoveu, na última quinta-feira (27), uma profunda análise da grave crise econômica que impacta o Rio de Janeiro desde o final de 2016. Com a presença de especialistas na sede do PDT na capital fluminense, o encontro buscou propor caminhos para um novo ciclo de crescimento para o estado.

Coordenado pela Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini (FLB-AP) a partir do seu vice-presidente estadual, Everton Gomes, o evento recebeu os professores da Universidade Estadual do Rio de Janeiro, Geraldo Tadeu Monteiro e Weber Figueiredo, e mobilizou dezenas de militantes, que lotaram o auditório do partido.

Segundo os participantes, o investimento de longo prazo em educação e novas matrizes econômicas são caminhos para alcançar a construção de saídas. Para eles, o ex-governador local, Leonel Brizola, já tinha estruturado, ao lado Darcy Ribeiro, políticas eficientes, como no caso do ensino integral via CIEPs, porém os gestores seguintes fizeram questão de desconstruí-las.

Everton Gomes destacou a importância de promover encontros sobre pautas urgentes e necessárias. “Vivemos um estado falido. As forças políticas precisam construir um programa viável de recuperação que devolva a dignidade aos servidores públicos e toda a sociedade”, afirmou.

Na sequência, o professor Geraldo Monteiro apontou que “só o investimento profundo e duradouro em educação pública de qualidade, através do ciclo completo, é capaz de gerar um estado economicamente inovador, sustentável e competitivo”.

Já o professor Weber Figueiredo desenvolveu uma narrativa realçando seu ponto de vista sobre a indústria criativa em consonância com a ciência, tecnologia e inovação. Para ele, o Rio de Janeiro tem capacidade para se tornar o “Vale do Silício brasileiro”.

A atividade contou ainda com intervenções do presidente do PDT Metropolitano, Augusto Ribeiro, do tesoureiro da Fundação, Antonio Albuquerque, e do secretário-geral da Juventude Socialista, Wilian Rodrigues.

Conexão

A íntegra deste evento pode ser acessada no novo canal da FLB-AP do Rio. Acesse (goo.gl/7DQuGm) e aproveite para se inscrever.

Com informações da Fundação no Rio de Janeiro.

Galeria de fotos

Bruno Ribeiro

Secretário de Comunicação da FLB-AP.

COMENTÁRIOS