11 OCT 17

Manoel Dias: “A Fundação é fundamental para o futuro do partido”

No Piauí, a formação política dos militantes recebeu destaque na reunião com lideranças

*Por Bruno Ribeiro

Brasília, 11/10/2017 – O presidente da Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini (FLB-AP), Manoel Dias, esteve reunido ontem (10) com lideranças da Fundação, em Teresina, no Piauí, para avançar com o planejamento de criação e expansão dos núcleos de base, além de promover a formação política da militância em todo o estado a partir da Universidade Aberta Leonel Brizola (ULB).

“A Fundação é fundamental para o futuro do partido. Com a qualificação dos nossos quadros a partir da democratização do conhecimento, teremos uma força preparada para expandir o PDT em cada canto desse país”, ponderou, ao associar a evolução ao projeto de nucleação.

Organizado pelo vice-presidente local da Fundação, Máximo Filipe, o encontro contou ainda com a participação do ex-presidente nacional da Juventude Socialista, Luiz Marcelo, do representante do PDT do Maranhão, Rafael Pretitude, e de membros da Ação da Mulher Trabalhista (AMT) e do PDT Diversidade.

Mobilização

Na sequência, Manoel Dias, que é secretário-geral do PDT, participou da convenção estadual da sigla que reconduziu Flávio Nogueira à presidência. O evento contou ainda com as presenças do vice-presidente nacional do partido e pré-candidato a presidência da República, Ciro Gomes, e do líder pedetista na Câmara federal, deputado Weverton Rocha.

Para Dias, essa mobilização mostra que a sigla de Leonel Brizola está no caminho certo. “Somos os representantes do trabalhismo. Lutamos por um país mais justo, igual e socialista. Aqui no Nordeste, avançamos e vamos conquistar ainda mais vitórias ao lado de parceiros que estão alinhados com as nossas bandeiras”, disse.

Para Ciro, a reunião mostrou a disposição para o diálogo, algo que, segundo ele, se perdeu há muito tempo no País. “Foi uma linda demonstração de que o Brasil pode unir partidos diferentes, de matizes ideológicas distintas, rivais nacionalmente ou até mesmo regionalmente, em um mesmo ambiente com o objetivo único de pensar e propor soluções o país”, destacou o presidenciável.

 “Devemos apresentar candidaturas próprias ao governo, mas não há camisa de força, não há precedente na história brasileira de que você, fazendo aliança nacional, ela se replique igualzinha em todo canto. Cada lugar tem sua manha, cultura e é preciso ter respeito, paciência e tolerância com tudo isso”, completou.

Já Flávio Nogueira reiterou e destacou que o PDT é desenvolvimento e que isso a marca o partido. “Ciro Gomes está mostrando ao Brasil inteiro seu projeto de desenvolvimento, isso faz parte da doutrina do PDT e cabe a nós pedetistas prestigiar a Convenção Estadual. A estratégia é estar dando palestras, conversando com profissionais liberais, estudantes, professores e mais na frente ver o crescimento do percentual”, frisou.

Com informações da assessoria de Flávio Nogueira.

Galeria de fotos

Bruno Ribeiro

Secretário Nacional de Comunicação da FLB-AP.

COMENTÁRIOS