02 AUG 18

JS fortalece empoderamento das mulheres no Rio de Janeiro

Sarah Souza foi empossada durante plenária na sede estadual do PDT, no Centro da capital

Por Fábio Pequeno

A companheira Sarah Souza – mulher, estudante e negra – assumiu o comando da Juventude Socialista do PDT do município do Rio de Janeiro em sucessão a Natália Moraes, que renunciou para participar de um intercâmbio acadêmico no México. O ato ocorreu na noite do último dia 31, na sede estadual do partido, durante a plenária conjunta das direções Estadual e Municipal do movimento.

Sarah terá a missão de comandar a JS no momento eleitoral mais importante do Partido nos últimos anos, em que teremos o companheiro Ciro Gomes como nosso candidato à Presidência da República. A prova mais cabal de que Sarah Souza traz muita energia e ousadia para cumprir esta tarefa está em sua frase final do discurso de posse:

– Vai ter mulher preta no poder sim!

Natalia Barbosa, secretária-geral da Juventude Socialista no Estado do Rio de Janeiro, destacou e explicou o empoderamento das mulheres, nesta última década, na JS estadual.

– Nosso Estado foi o que mais avançou no empoderamento das jovens mulheres nos últimos dez anos; tanto no debate, quanto na ocupação dos espaços de comando. Eu sou produto disto: fui dirigente estudantil pela JS, ocupei espaço na direção estadual, sou do diretório nacional da JS e hoje comando a secretaria-geral do Estado. Ter Sarah na presidência é a coroação de toda história de luta por igualdade.

Presente à reunião, William Rodrigues, presidente nacional da Juventude Socialista, destacou, com ênfase, este momento pleno de crescimento integrado:

– Elegemos no Rio, de forma inédita, mulheres para a presidência e a vice. Isto confirma nosso compromisso com a pauta e pioneirismo. Como carioca, me encho de orgulho em ver uma mulher tão jovem assumindo o comando da nossa organização.

Galeria de fotos

Bruno Ribeiro

Secretário Nacional de Comunicação da FLB-AP.

COMENTÁRIOS